ANDRESSA VILAS BOAS NOGUEIRA

1 UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE ARARAQUARA ANDRESSA VILAS BOAS NOGUEIRA EFEITO DA MOVIMENTAÇÃO ORTODÔNTICA NA PROGRESS...
2 downloads 0 Views 3MB Size
1

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE ARARAQUARA

ANDRESSA VILAS BOAS NOGUEIRA

EFEITO DA MOVIMENTAÇÃO ORTODÔNTICA NA PROGRESSÃO DA DOENÇA PERIODONTAL INDUZIDA EM RATOS

ARARAQUARA 2010

2

UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE ARARAQUARA

ANDRESSA VILAS BOAS NOGUEIRA

EFEITO DA MOVIMENTAÇÃO ORTODÔNTICA NA PROGRESSÃO DA DOENÇA PERIODONTAL INDUZIDA EM RATOS

Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Odontologia – Área de Periodontia da Faculdade de Odontologia de Araraquara, da Universidade Estadual Paulista, para o título de Mestre em Odontologia. Orientador: Prof. Dr. Joni Augusto Cirelli

ARARAQUARA 2010

3

Nogueira, Andressa Vilas Boas Efeito da movimentação ortodôntica na progressão da doença periodontal induzida em ratos / Andressa Vilas Boas Nogueira.– Araraquara: [s.n.], 2010. 94 f. ; 30 cm. Dissertação (Mestrado) – Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia Orientador : Prof. Dr. Joni Augusto Cirelli 1. Movimentação dentária 2. Doenças periodontais 3. Óxido nítrico 4. Citocinas I. Título Ficha catalográfica elaborada pela Bibliotecária Marley C. Chiusoli Montagnoli, CRB-8/5646 Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação da Faculdade de Odontologia de Araraquara / UNESP

4

ANDRESSA VILAS BOAS NOGUEIRA

EFEITO DA MOVIMENTAÇÃO ORTODÔNTICA NA PROGRESSÃO DA DOENÇA PERIODONTAL INDUZIDA EM RATOS

COMISSÃO JULGADORA

DISSERTAÇÃO PARA OBTENÇÃO DO GRAU DE MESTRE

Presidente e Orientador: Prof. Dr. Joni Augusto Cirelli 2º Examinador: Prof. Dr. Carlos Rossa Júnior 3º Examinador: Prof. Dr. Sérgio Luís Scombatti de Souza

Araraquara, 29 de março de 2010.

5

DADOS CURRICULARES

ANDRESSA VILAS BOAS NOGUEIRA

NASCIMENTO

23 de Fevereiro de 1983 – Pouso Alegre, MG, Brasil

FILIAÇÃO

Reginaldo Pereira Nogueira Gissélida Vilas Boas Nogueira

2003-2006

Curso de Graduação em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Araraquara da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”.

2007-2008

Curso de Especialização em Periodontia pela Associação Paulista dos Cirurgiões-Dentistas e Faculdade de Odontologia de Araraquara da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”.

2008-2010

Curso de Pós-Graduação em Odontologia, Área de Periodontia, Nível de Mestrado, na Faculdade de Odontologia de Araraquara da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”.

6

"Enquanto suspiramos por uma vida sem dificuldades, devemos nos lembrar que o carvalho cresce forte através de ventos contrários e que os diamantes são formados sob pressão."

Peter Marshall

7

DEDICATÓRIA

A DEUS, pela força em todos os momentos difíceis e também pelos momentos de alegria e conquistas.

À minha mãe Gissélida Vilas Boas Nogueira, que por obra do destino enfrenta uma luta diária contra solidão e ainda tem força sobrenatural para me animar a seguir carreira acadêmica e me incentivar a nunca desanimar.

Ao meu Irmão William Kelvin Vilas Boas Nogueira pela racionalidade diante de todas as decisões familiares e exemplo de dedicação ao trabalho, à lei e à ética.

Ao Leonardo Tobal Berssaneti, pela companhia diária e participação intensa nos bastidores desse trabalho, ainda que como analista leigo.

Em especial ao meu motivador e saudoso pai, Reginaldo Pereira Nogueira, que com certeza se orgulha de mim, torce por mim e me acompanha aonde quer que eu vá!

8

AGRADECIMENTOS A todos que, direta ou indiretamente, contribuíram para a realização desse trabalho. À Faculdade de Odontologia de Araraquara, UNESP, na pessoa de seu diretor Prof. Dr. José Cláudio Martins Segalla e de sua vice-diretora Profa. Dra. Andreia Affonso Barreto Montandon. Ao coordenador do curso de Pós-Graduação e orientador desse trabalho, Prof. Dr. Joni Augusto Cirelli pelo auxílio em meu desenvolvimento científico e desprendimento que colaboram para elevar o nível de nossa pós-graduação. Aos Professores da Disciplina de Periodontia da Faculdade de Odontologia de Araraquara: Carlos Rossa Júnior, Elcio Marcantonio Júnior, Joni Augusto Cirelli, José Eduardo César Sampaio, Rosemary Adriana Chiérici Marcantonio e Silvana Regina Perez Orrico, pela formação e orientação. Aos demais professores desta Faculdade e àqueles que lecionaram durante o curso de Pós-Graduação. A todos os funcionários da Faculdade, em especial: - da Disciplina de Periodontia: Claudinha, Regina Lúcia, Maria do Rosário, Zezé, Ester, Toninho e Thelma, sempre dispostos a nos ajudar. Obrigada pela amizade e prestatividade. - da Biblioteca: Marley, Adriano, Ceres, Eliane e Sílvia, pela colaboração.

9

- da Seção de Pós-Graduação: Alexandre, Flávia, Mara e Rosângela, pela organização e cooperação. - da Disciplina de Radiologia: Edineide, pela disponibilidade e ajuda. À Claudinha (Ana Cláudia Miranda) pela amizade, paciência, dedicação e colaboração no processamento histológico. À Regina Lúcia pela competência no trabalho, paciência e por estar sempre disposta a ajudar. Aos amigos João, André, Rubão, Guilherme, Lucas, Rodrigo, Rafael Faeda, Humberto pela amizade, aprendizado e convívio diário! Às amigas Chaíne, Shelon, Telma, Sabrina Frasnelli, Sâmia, Michele, pelo incentivo, risadas, companheirismo e aprendizado. Merece agradecimento especial o mestrando e amigo João Antônio Chaves de Souza pelas muitas horas de dedicação a esse trabalho, no qual teve participação brilhante do início ao fim. E, também, pelos momentos de descontração e aprendizado vividos no biotério/laboratório que facilitaram a longa jornada desse trabalho! Ao Fábio por ajudar na realização da análise protéica através do Western blot. Aos demais companheiros de curso de Pós-Graduação: Yeon, Alliny, Fábio, Sabrina Aquino, Morgana, Leila, Lívia, Mariana, Ana Lúcia, Roberta, Wagner, Andres e Gabriela pela transferência de conhecimentos e experiências. À CAPES e à FAPESP (Processos números 2008/02506-0, 2008/06328-0) pelo apoio financeiro necessário a realização do trabalho!

10

SUMÁRIO

Resumo................................................................................................. 11 Abstract................................................................................................

14

INTRODUÇÃO...................................................................................

17

REVISÃO DE LITERATURA............................................................ 21 PROPOSIÇÃO..................................................................................... 32 MATERIAL E MÉTODO...................................................................

34

RESULTADO...................................................................................... 50 DISCUSSÃO.......................................................................................

66

CONCLUSÃO.....................................................................................

75

REFERÊNCIAS................................................................................... 77 ANEXOS.............................................................................................

93

11

RESUMO

12

Nogueira AVB. Efeito da movimentação ortodôntica na progressão da doença periodontal induzida em ratos. [Dissertação de Mestrado]. Araraquara: Faculdade de Odontologia da UNESP; 2010.

Resumo

O movimento ortodôntico ocorre por meio da remodelação dos tecidos periodontais em resposta à aplicação de uma força mecânica, sendo que vários mediadores químicos são sintetizados e liberados para seu início e manutenção. Dentre esses mediadores, o óxido nítrico (NO) atua como modulador da atividade de osteoclastos e osteoblastos na remodelação óssea. Interleucina-1β (IL-1-β), interleucina-6 (IL-6) e fator de necrose tumoral-α (TNF-α) estimulam a reabsorção óssea e encontram-se aumentados no movimento ortodôntico. Estes mesmos mediadores também encontram-se aumentados e participam da destruição tecidual na doença periodontal. O objetivo deste estudo é avaliar in vivo a expressão de IL-1β, IL-6, TNF-α, NO sintase constitutiva endotelial (ecNOS), e NO sintase indutível (iNOS) nos tecidos periodontais de dentes sob movimentação ortodôntica em condições de saúde e doença periodontal, correlacionando-as às alterações histomorfométricas nesses tecidos. Para isso, 88 ratos foram divididos nos grupos: 1-controle (CONTR), 2doença periodontal experimental induzida por ligaduras (DP), 3- movimento ortodôntico (MO), 4- doença periodontal experimental induzida por ligaduras, seguido de movimento ortodôntico (MODP). Biópsias dos tecidos gengivais ao redor

13

dos primeiros molares foram removidas para análise da expressão protéica e de mRNA, respectivamente, por Western blot e RT-PCR em tempo real. Cortes histológicos foram obtidos para avaliação histomorfométrica da perda óssea alveolar. Análise estatística foi realizada através do one-way ANOVA e a comparação entre os grupos foi feita com o teste de Tukey (nível de significância de 5%). Resultado: Máxima expressão gênica de todas as proteínas avaliadas foi observada no grupo MODP, nos períodos de 3h (eNos) ou de 1 dia (citocinas e iNOS) (p